Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
sitedesaudeetreinos74

Aprenda A Gerar Uma Url Em cinco Passos Fáceis E Sem qualquer custo

Técnico Da Chapecoense Impossibilita Contar Vantagem Contra O Ceará


Dupla sertaneja se retrata pela sexta-feira (2), primeiro dia do Planeta Atlântida 2018. Simone & Simaria responderam cinco questões para o G1, onde falaram, principalmente, sobre a presença feminina no gênero musical. A mulherada está com tudo no sertanejo. Não é à toa que essa dupla de irmãs arretadas exercem divisão de uma nova onda do estilo musical que veio para continuar.


Nascidas em Uibaí, interior da Bahia, Simone e Simaria vêm mostrando que pela terra do axé também possui espaço pra música caipira. A carreira de Simone, 33 anos, e Simaria, 35, - como dupla - começou em 2012. Todavia foi a partir de 2015 que o sucesso bateu à porta para as irmãs, com a estreia do CD/DVD "Bar das Coleguinhas".


  • 1994 - Lisboaleipzig II. O ensaio de música
  • Passeio de bicicleta para ver os Grafites da cidade
  • 03/04/2012 às 16:59
  • Controle comercial
  • 43 Recado recebido
  • 16- Qual teu cheiro já

Postando nisto, as irmãs realizam porção de uma seleta listagem de artistas nacionais com mais de um bilhão de visualizações no canal oficial delas na plataforma de videos. Juntas, somam mais de vinte e quatro milhões de seguidores nos perfis pessoais e da dupla, só no Instagram. O sucesso mais recente, o hit "Regime Fechado", está entre as 20 músicas mais tocadas no Spotify Brasil. Para o G1, em entrevista concedida por e-mail, elas falaram da empolgação de cantar no festival, além de responderem questões a respeito carreira, as mulheres no sertanejo e a ligação com o público gaúcho.


“Somos a todo o momento recebidas com muito amor e respeito, por todos. Isto é extremamente gratificante e faz a gente ambicionar reverter cada vez de forma acelerada pra este estado maravilhoso”, destacou Simaria. G1 - É a estreia de vocês no Planeta Atlântida. https://www.dailystrength.org/journals/como-fazer-um-blog-pessoal-dicas-pra-principiantes vocês conhecem do festival e de que forma está sendo a promessa para o show?


Simone - Será a nossa estreia no Planeta Atlântida e estamos super ansiosas para subir por esse palco, por onde grandes nomes da música de imediato passaram. Estamos preparando um show especial, com muita animação. Queremos visualizar o público gaúcho se divertindo muito com as coleguinhas mais amadas do Brasil. G1 - Nas mídias sociais, vocês são uma das atrações http://blogs.rediff.com/reduzindopesosite4/ pelos planetários nesta edição. Qual a ligação de vocês com os fãs gaúchos?


Simaria - Ai que alegria saber disso, gente! http://dicadedetonando508.diowebhost.com/11423000/elas-s-o-as-dez-blogueiras-de-moda-mais-influentes-do-universo um amor muito extenso pelos gaúchos. Somos a toda a hora recebidas, com muito amor e respeito, por todos. Isto é muito gratificante, e faz a gente ansiar voltar cada vez mais rápido pra esse estado formidável. G1 - O sertanejo começou a receber espaço no Planeta Atlântida a partir de 2009, só com duplas masculinas e cantores solo do gênero, como Luan Santana, Michel Teló, Gusttavo Lima e Wesley Safadão. http://treinoeficiente69.qowap.com/14999221/arquivos-montar-loja-virtual é para vocês ser a primeira dupla feminina a receber o palco principal do festival?


Simaria - É uma honra poder retratar essa mulherada toda, que vem fazendo ainda mais sucesso. http://academiaecianet97.ebook-123.com/post/planos-de-aula , ademais, é a promoção de um sonho nosso, estar no palco de um dos maiores festivais do Brasil, levando a nossa música, a nossa verdade. G1 - Algumas letras do sertanejo universitário são marcadas por uma certa romantização do ciúmes e da objetificação da mulher. O sertanejo trazido pelas mulheres vem mostrando letras de histórias de superação e de independência feminina.



Tags: web 2.0

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl